Ainda sobre o futuro do MARC e as implicações do uso de novos padrões bibliográficos

Há poucos dias atrás a Biblioteca do Congresso anunciou uma nova iniciativa que deverá olhar de maneira mais ampla o atual formato bibliográfico, para além do MARC21 e do RDA, conforme afirma seu anúncio:

comentários espontâneos dos participantes dos testes do RDA nos Estados Unidos mostram que uma grande parte da comunidade vem sofrendo pressões orçamentárias, no entando considera que é necessário substituir o MARC 21, a fim de obter todos os benefícios dos padrões novos e emergentes. A Biblioteca agora pretende avaliar como os seus recursos para a criação e troca de metadados estão sendo usados ​​e como estes devem ser direcionados a uma era de diminuição dos orçamentos e maiores expectativas da comunidade.

A Biblioteca do Congresso vai abordar as seguintes questões:

• Determinar quais aspectos dos atuais padrões de codificação de metadados devem ser mantidos e evoluir para um formato para o futuro. Será levado em consideração o MARC 21, formato no qual bilhões de registros estão atualmente codificados, bem como outras iniciativas.

• Experimentar a web semântica e tecnologias de dados relacionadas para ver que benefícios ao formato bibliográfico eles oferecem e como os seus modelos atuais precisam ser corrigidos para aproveitar melhor esses benefícios.

•  Promover a máxima reutilização de metadados no ambiente mais amplo de busca da web, de modo que os usuários finais possam ser expostos a mais metadados de qualidade e/ou possam utilizá-los de maneiras inovadoras.

• Permitir que os usuários naveguem entre as entidades – como pessoas, lugares, organizações e conceitos – para pesquisar de forma mais precisa em catálogos de bibliotecas e na Internet. Será explorada a utilização de modelos de dados promissores como o FRBR – Functional Requirements for Bibliographic Records (Requisitos Funcionais para Registros Bibliográficos) nas relações de comando, se estas estiverem ativamente codificadas por bibliotecários ou forem identificáveis pela web semântica.

• Explorar abordagens para exibição de metadados para além das atuais sistemas baseados em MARC.

• Identificar os riscos de ação e da falta desta, incluindo uma avaliação do ritmo de mudanças aceitável para a comunidade em geral: deverão ser tomadas medidas incrementais ou adotadas medidas mais ousadas, de forma mais rápida?

• Planejar a conversão de metadados existentes em novos sistemas bibliográficos dentro da infraestrutura técnica da Biblioteca do Congresso  – uma consideração crítica, dado o tamanho e o valor das bases de dados da Biblioteca.

Clique no link para visualizar a declaração “Transforming our Bibliographic Framework: A Statement from the Library of Congress” na íntegra.

Acompanhe as mudanças propostas pela Biblioteca do Congresso no site Bibliographic Framework Transition Initiative.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s