Controle de Autoridade

Em catalogação descritiva, o controle de autoridade consiste em criar e manter cabeçalhos utilizados como pontos de acesso para materiais bibliográficos em um catálogo.

Sendo o catálogo o principal canal de comunicação entre o usuário e o acervo e tendo, dentre as suas funções, o objetivo de expor ao usuário todos os recursos bibliográficos disponíveis associados a uma determinada pessoa, família, entidade coletiva, evento, título ou assunto, observa-se a importância e a necessidade da existência de atividades de controle de autoridade, através da criação de registros de autoridade.

Os registros de autoridade permitem criar consistência nos nomes e assuntos utilizados como pontos de acesso aos registros bibliográficos e estrutura de referências-cruzadas (remissivas) para os nomes e assuntos controlados. Assim, o controle de registros de autoridade cumpre algumas funções importantes:

– Desambiguação, ou seja, permite que catalogadores desambiguem cabeçalhos semelhantes ou idênticos.

Exemplo: dois autores com o mesmo nome (desambiguação feita através da utilização das datas de nascimento dos autores)

     Silva, Pedro, 1920-1995

     Silva, Pedro, 1942-

– Reunião, ou seja, através do controle de autoridade pode-se reunir logicamente materiais que se apresentam em formas diferentes.

Exemplo: utilização de título uniforme para reunir as várias formas de apresentação de uma mesma obra (no exemplo citado todas as obras que trazem a Lei Maria da Penha, sejam elas impressas, eletrônicas, visuais ou em qualquer outro formato físico, ou ainda que apresentem variações no título, ficarão reunidas por meio do título uniforme).

     Título uniforme: [Lei Maria da Penha (2006)]

– Eficiência no processo de recuperação de registros bibliográficos, ou seja, os índices de revocação e precisão das buscas no catálogo são ampliados quando é feito o controle de autoridade, fornecendo pontos de acesso consistentes e de qualidade.

Exemplo: estabelecimento de relações entre os termos.  

O controle dos registros de autoridade é uma tarefa morosa e dispendiosa,  envolve um trabalho rigoroso de investigação e a necessidade de aquisição de tesauros e/ou a assinatura de bases de registros de autoridade, porém agrega valor ao catálogo, tornando-o confiável, proporcionando buscas consistentes e resultados relevantes.

Mas mesmo sendo assim tão importante, o controle de autoridade vem sendo negligenciado pelo AACR2, que não provê informação sobre os princípios do controle de assuntos ou mesmo fornece orientação sobre os elementos essenciais para um registro de autoridade. Este panorama é totalmente alterado com a publicação da RDA (Recursos: Descrição e Acesso), que surge como um novo código de catalogação voltado para a descrição de recursos e acesso, baseado numa estrutura teórica projetada para o ambiente digital (um breve resumo dos objetivos, características e desenvolvimento da RDA pode encontrado no artigo de Assumpção e Santos, em http://prope.unesp.br/xxi_cic/27_33049772875.pdf). 

A RDA traz capítulos específicos sobre o tratamento dos pontos de acesso, contendo inclusive um capítulo para o estabelecimento de nomes de família (item totalmente ignorado pelo AACR2).

Veja a apresentação de Fabrício Silva Assumpção sobre o papel das formas de representação para o controle de autoridade:

Sobre Catálogo de autoridade – Nome pessoal, veja também https://processotecnicoucs.wordpress.com/2011/06/24/catalogo-de-autoridades-nome-pessoal/

Anúncios

2 comentários sobre “Controle de Autoridade

  1. Pingback: Pontos de acesso: controlados, não controlados, autorizados e formas variantes | Fabrício Assumpção

  2. Pingback: Pontos de acesso: controlados, não controlados, autorizados e formas variantesFabrício Assumpção | Fabrício Assumpção

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s