CDDir

A Classificação Decimal de Direito ou Classificação Decimal de Doris ou Classificação de Doris é um sistema de classificação decimal de bibliotecas especializadas em direito, desenvolvido por Doris de Queiroz Carvalho, bibliotecária e bacharel em direito brasileira que concluiu pela necessidade de se expandir e aprofundar a “Classe 340” (Direito) na Classificação Decimal de Dewey, que é universal, e serviu de base para a Classificação Decimal Universal (CDU) que é utilizada na maioria das bibliotecas multidisciplinares. Na biblioteconomia, é a classificação específica para obras jurídicas relacionadas com o direito brasileiro.  O trabalho foi realizado pela bibliotecária primeiramente para uso interno da Biblioteca do Ministério da Fazenda. A sua primeira edição foi publicada em 1948, mais tarde, em 1953, nova edição seria lançada, em 1977, saiu a terceira edição.

Continuar lendo

Anúncios